06 fevereiro, 2014

Até que ponto é amor?

                            
Olá meninas, hoje pensei tanto sobre isso que resolvi colocar meus pensamentos aqui, compartilhado com vocês. Até que ponto é realmente amor? E não pura obsessão? Confesso que eu até pouco tempo atras não sabia o que era realmente amor. Conheci algumas pessoas e me ceguei. Vivia para aquilo. Tinha que da certo! Me magoava, chorava e passava por cima dos meus valores, das coisas que acho certo. Por pura carência. Passei por uma fase super vulnerável na qual cheguei a ligar para uma pessoa mais de 40 vezes, em total desespero. Cheguei a perdoar as horas e dias de atraso do tal encontro marcado. A perdoar erros, burradas e ofensas. Já vi também casos e mais casos de meninas, que aceitaram ser segunda opção. Aquela das escondidas. Que não frequenta os jantares em família e não anda de mãos dadas em publico. Meninas que aceitam um: "não me liga mais, eu não te amo, amo a fulana"... e logo depois esqueceram o que foi dito, e aceitam ser novamente "usadas". E depois, essas, são as mesmas que choram, se lamentam em alto e bom tom, sofrem e culpam tudo: a vida, o menino e até mesmo a namorada do menino. É, super normal coisas assim acontecerem. Mas já pararam para pensar que, tudo acontece até aonde permitimos acontecer?! Quando eu comecei a me valorizar mais, passei da fase frágil, para uma fase mais madura e sem medos. Ergui minha cabeça e enfrentei os dias, sem me deprimir dentro de casa. Tudo mudou! As pessoas ao meu redor começaram a me dar mais valor e não mais a terem pena de mim. Consegui também afastar um "bocado" de gente que estava em minha vida só para azarar. Que pareciam sugar o pouco de alegria que tinha e comemorar a cada tombo que eu tomava. Trouxe para perto, só aqueles que realmente nunca desistiram de mim. E nem de acreditar que eu era capaz! E eu sou, todos nos somos. Podemos ir aonde quisermos, basta ter ! Quando comecei a me amar, antes de amar ou exigir o amor de alguém, as coisas começaram de fato a darem certo para mim. Quem me conhece sabe cada passo que dei e tudo que passei. Não foi fácil, nunca é. Mas é muito mais grandioso quando conseguimos estar aonde sempre sonhamos e sem precisar passar por cima de ninguém para isso! Tudo que tenho hoje, ainda não é o suficiente, eu sonho alto, mas tudo que já conquistei foi com muito amor. E é o melhor que tenho a oferecer por quem passar pela minha vida. Então, não importa o problema que tenham que enfrentar, enfrentem tudo com amor, nunca deixando de lado o coração e o caráter. Que isso sim, é a marca mais importante a se deixar ainda em vida. /tuanekraemer

6 comentários:

Unhas&bocas disse...

Amor, é tão difícil de descrever.... mas é algo que com o tempo a gente vai aprendendo o que realmente é !!
Beijos,
U&B
Claudinha e Adri
www.unhasebocas.blogspot.com.br

Tuane Kraemer disse...

Com certeza e acredito que só sabemos o real valor quando aprendemos a nos amar em primeiro lugar. Aí não aceitamos qualquer coisa! beeijos

Anny Costa disse...

O amor é muito importante na nossa vida, mas quando faz mal o melhor e seguir em frente e ter amor próprio.

ansiedadefeminina.blogspot.com

Dulcinéia disse...

É verdade amiga! Primeiro temos que nos amar para então estarmos preparadas para amar outra pessoa. Assim conseguimos reconhecer quando a outra pessoa nos ama de verdade.
Amiga Meu Blog está atualizadíssimo com post mostrando meus produtinhos queridinhos, veja aqui http://dulcineiadesa.blogspot.com.br/2014/02/produtos-em-ofertas-maravilhosas-porque.html E também tem um post ensinando a colocar as miniaturas de postagens relacionadas embaixo do Post aqui http://dulcineiadesa.blogspot.com.br/2014/02/como-anexar-miniaturas-de-postagens.html Vem ver! Espero você lá! Fique a vontade pra comentar :)
Beijinhos e Sucesso pra você!
http://dulcineiadesa.blogspot.com

Natalia Biazzi disse...

Amei o texto. Concordo, antes de amar outra pessoa é preciso se amar. Pois se você não amar a si como vai amar outro alguém ?
Fiz instagram há pouquinho tempo segue lá, eu sigo de volta. (:
@nataliabiazzi
infinitafeminice.blogspot.com

Tuane Kraemer disse...

Obrigada por deixarem aqui a opinião de vocês, vou agora mesmo retribuir todo esse carinho! E o amor próprio é a mais difícil forma de amar, depois que temos ele, tudo se renova... e fica mais fácil de ser conquistado! *-*

Curte lá?!

Seguidores

Arquivo do blog